29 junho 2008

Assunto


Aconteceu hoje, no começo da tarde. Duas moças e um rapaz caminhavam por uma rua deserta de muros altos, quando ouviram gritos vindos de uma casa. Uma mulher suplicava que alguém telefonasse chamando uma ambulância. Seu filho tinha se sufocado. Nenhum vizinho saiu da sua paz dominical para acudi-la O grupo atendeu ao pedido. Em poucos minutos, a criança era atendida por uma equipe de para-médicos. Mas já estava cianótica. Talvez já estivesse morta.
O que chamou a atenção do grupo de jovens foi que, depois que a ambulância chegou, com sua sirene e seu aparato de filme de televisão, os vizinhos se acotovelaram nos portões de suas casas, especulando, dando opiniões.
Sei que mais uma vez estou me expondo à crítica dos amigos por criticar mais uma pequena perversão dos meus semelhantes. Mas não é de hoje este alheamento ao sofrimento vizinho. Fazemos de tudo para adiar o compromisso com a dor ao lado.
Os gritos da mãe não foram suficientes para tirar os vizinhos da pachorra dominical. Somente quando soou a sirene, quando abriram-se as portas para o espetáculo das urgências é que deram as caras. Para ver, para fruir, para contar depois no escritório ou no salão de beleza.
. Agora sim. Terão um bom assunto para animar o almoço e rechear os intervalos do Domingão do Faustão.

Imagem obtida em: artigosdepsicologia.files.wordpress.com/2007/...

3 comentários:

Anônimo disse...

Rona, queiramos, ou não, o homem é movido por suas conveniências. A diferença é apenas o grau de potencialidade. Por incrível que nos pareça, ainda há quem acredite em amor incondicional. Abraços - Marco di Aurélio.

Juliêta Barbosa Lins de Almeida disse...

Ronaldo,

Nós precisamos colocar as cadeiras de volta na calçada para aquele famoso ‘dois dedinhos de prosa’. Sem isso não há interação possível, pois vivemos uma época de grades até na alma.

elizabeth olegario disse...

OHHHHHHHH!
MEU DEUS!
CHEGA !
CANSEI!
ESTOU FARTA DO LIRISMO DO ROMANTISMO.
FECHEMOS A BOCA JÁ NÃO A DENTES ALIAS O QUE TINHA ESTA AMARELADO.
PERDEMOS A POESIA AGORA É SALVE O UMBIGO E SALVE-SE QUEM PUDER.
NOBRE POETA JÁ DIZIA O CHICO BUARQUE SERÁ QUE ESTAVAMOS DORMINDO???
ELE DISSE:_"MAIS O QUE EU QUERO E TE DIZER/QUE A COISA AQUI TÁ PRETA".

ONDE ESTÁ A HUMANIDADE OU HUMILDADE
VVVVVVVVVUU!
SE SEGURE!
AS LETRA....
OH!
NÃO!
SE MISTURARAM.
COMO FORMA HUMILDADE E APAGAR A MALDADE ONDE ESTA O A DE AMOR SÓ VEJO A DOR.
QUE CONFUSÃO
MAIS O GRANDE POETA POTIGUAR ALEX NASCIMENTO NOS DIZ:_"DEUS CRIOU O HOMEM TÃO PERFEITO QUE PARA UM SE SENTIR BEM BASTA VER O OUTRO PASSANDO MAL."

É ISSO AI POETA AS PESSOAS ESTÃO DESAPRENDENDO O SIGNIFICADO DE MUITAS PALAVRAS E LAMENTAVÉL .

BJU!
LUZ E PAZ