23 fevereiro 2007

Margens











Passava um rio entre as margens deles.
À margem, passava a tarde.
De margem a margem, a ponte.

Em meio à tarde,
em meio à ponte,
súbito
tocam-se as margens.

O que é isso, ela pergunta.
Um beijo, diz ele.
Como podia ter dito
: uma tarde.
Ou dito de outro modo
: uma ponte.


Foto:Alex Faje

2 comentários:

Only feelings... disse...

Bobinha...

Márcia disse...

Vim matar as saudades. ;)
Beijo!