06 julho 2009

Mãos dadas


Deram-se as mãos.
E achando pouco, os dois deram-se as bocas.

Queriam mais.
Então, deram-se os corpos.

E muito mais tiveram para dar
assim presenteados um ao outro.


Imagem obtida em: cgi.ebay.com.sg

4 comentários:

VaneideDelmiro disse...

Lindo poema, Ronaldo!

Clarissa Marinho disse...

Que bonito!

Juliêta Barbosa disse...

Ronaldo,

Esse me deixou sem palavras.

lau siqueira disse...

Lindo demais, Rona!