04 setembro 2006

Jornada dentro da noite



Para Ana Lia

Há uma luz acesa no meio da noite. Sob ela, um homem trabalha.
Trabalha com papel, lápis, livros, máquina de escrever, computador.
Quando o dia amanhecer, o seu trabalho será exposto no mercado à espera do melhor preço que será, como sempre, injusto.
Pequenos pontos de luz esparsos pela noite, muitos homens e mulheres navegam contra as trevas.
Quando o dia amanhecer e forem expor seu trabalho no mercado, descobrirão, satisfeitos, que o melhor da jornada foi adiar a escuridão total que ameaça descer de vez sobre o mundo.

(Publicado em "Pequeno Caos", 2003)

2 comentários:

Anônimo disse...

Nos meus últimos tempos,de minha vida, adiar a escuridão tem sido aquela obrigação que virou prática. Essa foi pra amim também. Literalmente!
Tenho passadonoites e noites em produções que só brilham a noite. Parece que a luz do Sol ofusca muito mais doque se posssa imaginar. Tenho muitas saudades de Vocês.
Se eu tivesse que dar um título para essa minhas palavras bem que poderia ser: "Malke Maturada".

Aninha disse...

Meu pai, o texto foi digno de minha crítica!!!